domingo, 13 de julho de 2008

Daniel Dantas e Eu



Há poucos dias o Ministério das Relações Exteriores divulgou o resultado do concurso deste ano de acesso à carreira diplomática. Ainda correm alguns recursos, mas o Curso Clio, onde leciono, aprovou pouco mais de 90 dos 115 novos diplomatas. No fim de semana houve uma festa dos meus alunos para comemorar a boa nova e com freqüência eles me perguntavam se eu estava orgulhoso.

"Claro que sim!", respondi, "Mas também assustado. Tenho um pesadelo recorrente em que a Polícia Federal invade meu apartamento e me prende na Operação Punhos de Renda, para averiguar fraude e informação privilegiada nas provas para o Itamaraty. Quando sonho termina, estou na mesma cela que Daniel Dantas e ele segura meu braço enquanto fala no celular: ´Gilmar, amigo querido, estou aqui com o pessoal do Clio e eles ficaram de dar umas dicas para a gente no Oportunity.´"

Como se vê, tenho algo em comum com Daniel Dantas. Infelizmente, não é a conta bancária. Mas poderia ser pior, poderíamos compartilhar a simpatia do presidente do Supremo Tribunal Federal. Aliás, há até uma petição online exigindo a saída de Gilmar Mendes do STF.

A festa dos novos diplomatas estava bastante divertida e lá pelas tantas um deles me confirmou uma quase lenda urbana do Clio: a de que gravações de nossas aulas estão correndo soltas pela Internet: "Ouvi você falando sobre a migração da Índia para a África Oriental, aliás você podia me passar os sites que mencionou em sala?".

Bem, o Daniel Dantas também gosta de gravações, mas imagino que elas versam sobre temas mais palpitantes.

4 comentários:

Patricio Iglesias disse...

Parabéns pelas aprovaçoes!!! É exelente saver que está colaborando com a formaçäo dos futuros diplomatas brasileiros. Na Argentina talvez há gente igualmente orgulhosa por fazer entrar a maioria dos novos diplomatas... com a diferença de que os tem que ter feito entrar pelo nepotismo! JAJAJA
Você sim que tem bom sentido do humor! Muito agrasada sua história.
Näo savia quem era Daniel Dantas; visitando a Wikipédia, vejo que é uma sorte de "Macri brasileiro". Vícios comuns! Só que aqui os escándalos de o "Berlusconi americano" e seus amiguinhos tiveram "final feliz" e agora estäo todos em bairros privados exclusivos. JAJAJAJA
Saludos!!!

Patricio Iglesias

Sergio Leo disse...

Isso significa uma fornada de cariocas nas próximas turmas do Itamaraty ou a turma é de origem variada, mestre Santoro?

Stephanie Sarmiento disse...

Olá,

Estou entrando em contato novamente para me colocar à disposição ao esclarecimento de dúvidas referente ao e-mail que enviei no dia 01/07/08, tratando da Parceria Comercial entre o Site Todos os Fogos o Fogo com a HOTWords.

Qualquer dúvida ou maiores informações, por favor, entre em contato comigo.

Abraços,
Stephanie Sarmiento
------------------------------
smarques@hotwords.com.br
www.hotwords.com.br
------------------------------
Phone: 11 3178 2514

Mauricio Santoro disse...

Salve, Patricio.

Sempre escuto reclamações sobre a questão do nepotismo na diplomacia argentina. Me parece que a entrevista tem um peso muito grande na seleção daí (ela sequer existe no Brasil) o que abre margem para muito favorecimento.

Se o Daniel Dantas virar presidente de um grande time de futebol brasileiro, certamente seria o gêmeo do Macri. Espero que ele pare antes disso...

Caro Sergio,

Atualmente o Clio tem turmas no Rio, São Paulo e em Brasília. A matriz é aqui no Rio e me parece que é a maior, mas não tenho certeza de quantos candidatos foram aprovados em cada cidade. Sei apenas que o Itamaraty continua muito concentrado no Sudeste e no DF, com o Norte e o Nordeste pouquíssimo representados.

Abraços