quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Montreal



Cheguei ontem a Montreal, mas o pouco tempo em que estou aqui ja bastou para que eu me encantasse com a cidade, com a cordialidade de seus habitantes e com a beleza e a organizacao de tudo por aqui. Tambem ajuda o fato de que o congresso da LASA comecou de maneira excelente. A semana promete.

A cidade eh uma ilha no rio Sao Lourenco e foi um dos centros mais importantes da colonizacao francesa nas Americas. Os britanicos tomaram o Quebec na guerra dos Sete Anos, em meados do seculo XVIII, mas nunca conseguiram apagar os rastros da cultura francesa. O Canada, evidentemente, eh um pais bilingue e as pretensoes autonomistas do Quebec sao muito fortes - o ultimo plebiscito pela independencia da provincia perdeu por menos de 1%. Quase todas as pesssoas por aqui falam os dois idiomas muito bem, mas isso nao significa que deem a eles a mesma importancia sentimental. O rapaz do albergue onde estou hospedado dizia num ingles impecavel que le somente a imprensa em lingua francesa.

As placas de ruas e sinais oficiais estao nas duas linguas, assim como os livros a venda nas excelentes livrarias da cidade. Mas nesse campo, predominam os lancamentos em ingles, por causa da influencia da poderosa industria editorial dos EUA. Que alias, invadiram duas vezes o Canada (na Revolucao de 1776 e na guerra de 1812) mas foram expulsos em ambas as ocasioes, sem conseguir anexar o pais.



Tambem me rendi a lingua dos Estados Unidos e fiz minha apresentacao no congresso em ingles. Meu trabalho eh sobre direitos humanos e participacao cidada no Mercosul e meus colegas de mesa eram argentinos e peruanos. Ainda assim, decidimos fazer todas as palestras em ingles, porque a maioria do nosso publico era dos EUA. Pegamos um horario ingrato - 8h, no primeiro dia do evento - mas o debate foi excelente, cheio de ideias e muito divertido. Como disse um dos participantes, o tema do Estado e da sociedade civil sempre rende boas historias e anedotas!

Hoje assisti a otimos debates sobre movimentos sociais na Argentina, politicas de integracao regional e daqui a pouco sigo para a cerimonia oficial de abertura. O programa do congresso promete a presenca de muitos lideres politicos e escritores. Aguardemos!

As fotos - Praca Jacques Cartier e Basilica de Notre Dame.

4 comentários:

Márcio Santoro disse...

Puxa, realmente, pelas fotos dá para ver que é uma cidade fantástica! Aproveite bem a viagem! Abração!

Paulo Gontijo disse...

Salve Dr Maurício,
Bom saber que o congresso vai bem. Nos mantenha informados de como vão as coisas por aí.
Abs
Paulo

Ramon Blanco disse...

Grande Maurício,
primeiramente... que dê tudo certo no Congresso!!

O Canadá realmente é fantástico!! Um país simplesmente inesquecível. Tive a oportunidade de morar 4 meses em Toronto e viajar um pouco pelo país. Montreal é muito linda mesmo. Se puder tenta tirar uns dias para ir também para a Cidade de Quebec, que é uma cidade muito charmosa. Uma cidade muito linda! Ficando mais um pouco pode ir até Ottawa, que tem todo um clima diferente. Apesar de ser a capital, tem um clima de cidade pequena... é muito legal essa mistura.

Toronto sou mais do que suspeito para falar.... é realmente de tirar o fôlego. Apesar de ser o centro financeiro do país (posição essa cada vez mais ameaçada por Calgary, na costa Oeste perto de Vancouver), tem uma beleza, um clima todo especial. A mistura de pessoas do mundo inteiro faz com que você se sinta eu uma cidade muito cosmopolita e ao mesmo tempo em uma cidade canadense.

Mas como fica uma pouco mais longe ao sul de repente seria preciso bem mais tempo para conhece-la.

Bom... vou parando por aqui por posso ficar escrevendo e escrevendo sobre o Canadá sem parar.

Um abraço,
Ramon

Mauricio Santoro disse...

Caros,

esta tudo muito bom por aqui, trabalho muito e converso com varias pessoas, de diversas partes.

Ainda temos dois bons dias de congresso pela frente, espero passear bastante pelo domingo, quando terei o dia livre.

Abracos